Tipos de Farinhas Sem Glúten!

Vocês com certeza já ouviram falar que os alimentos com glúten são prejudiciais a saúde e o quanto devemos nos preocupar com o consumo excessivo destes alimentos.

Farinha de Trigo é a mais usada na alimentação brasileira. É a primeira farinha que pensamos na hora de preparar um bolo, pão e massas. Mas ela possui um alto índice inflamatório e pode causar compulsão alimentar, diabetes, obesidade, distúrbios gastrointestinais, alergias e intolerâncias alimentares.

Como uma boa solução para os celíacos (alergicos ao glúten) e as pessoas que querem diminuir a quantidade de glúten consumida no dia a dia, hoje temos vários tipos de Farinhas Sem Glúten no mercado, mas nem todas servem para substituir as farinhas tradicionais nas preparações. Algumas podem não conter nutrientes suficientes, mudar a textura  ou até mesmo alterar o sabor do prato preparado.

Por este motivo, vou falar um pouco mais de alguns tipos de Farinhas Sem Glúten e seus benefícios.

collage

Farinha de Arroz: Tem um sabor suave e é ótima para substituir a farinha de trigo nas preparações. Combina bastante com receitas de bolo (veja a receita de Bolo De Chocolate Sem Glúten e Com Matcha) e receitas salgadas. Como é obtida através da moagem dos grãos do arroz branco, não tem aditivos químicos e mantém os nutrientes do arroz. Possui médio Índice Glicêmico, é de fácil digestão e é menos inflamatória que a farinha de trigo. Também é possível encontrar na versão integral que é melhor que a branca.

Farinha de Aveia: É rica em fibras, vitaminas, proteínas, ferro, cálcio, magnésio, diminui o nível de colesterol  no sangue e previne doenças cardiovasculares. Ela combina com bolos, cookies, tortas e panquecas (veja a receita de Panqueca de Aveia).

Farinha de Banana Verde: Estimula a flora intestinal prevenindo doenças inflamatórias intestinais e reduz o risco de câncer de cólon e os sintomas da TPM. Pode ser usada em vitaminas, bolos e iogurtes.

Farinha de Quinua: Tem um sabor mais amargo, mas é uma ótima fonte de fibras, proteínas e minerais. Pode ser utilizada para fazer tortas, bolos, biscoitos e panquecas.

Farinha de Coco: É feita da polpa seca do coco, possui mais fibras do que o óleo de coco e pouco carboidrato. Ela tem um sabor mais forte e pode alterar o sabor da preparação, deve ser utilizada com mais cuidado. Normalmente é utilizada com a farinha de arroz para dar consistência.

Farinha de Linhaça: Aumenta o nível de colesterol bom e auxilia na digestão. Combina com tortas, massas e bolos.

Farinha de Milho: Tem um sabor adocicado e combina mais com preparações doces, mas também pode ser usado em preparações salgadas como em farofas, panquecas e pães. Ajuda a eliminar as toxinas e a controlar as taxas de colesterol. Cuidado: tem um indice glicêmico mais alto podendo contribuir com depósito de gordura e tem muitas pessoas alérgicas ou intolerantes com o milho.

Farinha de Maracujá: É rica em vitaminas e minerais. Auxilia na produção hormonal, protege as paredes do estômago, controla a ansiedade, combate a anemia, recompõe os músculos, fortalece os ossos e contribui na manutenção da memória. Pode ser usada em sucos, bolos e iogurtes.

Farinha de Berinjela: Possui grandes quantidades de fibras, auxilia na redução de gordura, é antioxidante, promove saciedade e no bom funcionamento intestinal. Por ser suave, pode ser utilizada em qualquer receita.

Farinhas de Castanhas: Essa farinha pode ser feita em casa. Você pode utilizar qualquer castanha do seu agrado (castanha de caju, castanha do pará, amêndoas, etc). São ricas em vitaminas, proteínas e gorduras saudáveis. Pode ser usada em bolos, panquecas, farofas e para empanar carnes.

Sempre aconselho os pacientes a usar sua receita tradicional e trocar as farinhas. Veja qual fica mais gostosa e se adequa melhor com sua receita. Tome cuidado, pois o sem glúten, só quer dizer que não tem o fator inflamatório que a farinha de trigo tem, e para os intolerantes faz muita diferença na absorção além de ajudar a reduzir inchaços e facilitar perda de peso. Mas cuidado, pois o excesso destas farinhas também leva ao depósito de gordura.

yellowmark.1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s